Para os usuários que estão com problemas de acessar os vídeos, por favor utilizar uma VPN



Comi a ex namorada crente do meu amigo

Comi a ex namorada crente do meu amigo
Prazer meu nome é Junior…
Bom não sei como começar esse conto, afinal não sou muito bom com escrita, mas o que vou retratar aqui foi uma das melhores experiências que eu já tive.
Isso ocorreu a três anos atrás, eu namorava uma garota nessa época.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na época eu tinha 1.80m, 85kg, olhos escuros, cabelo claro, pele branca e corpo atlético, hoje em dia estou mais relaxado em questão à aparência, bom hoje tenho 21 anos, atualmente Casado e alguns quilinhos a mais.
Tenho um amigo que se chama João (nome fictício), ele tinha uma namorada com o nome de Natália, ela é loira, linda, cabelos loiros longos, cintura fina, 1.55m olhos verdes, bunda redondinha. Porem ele não gostava dela, ele a desrespeitava demais e eu não gostava nem um pouco daquilo, achava injusto.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Bom, ela tinha uma amizade comigo, uma amizade normal ao ponto de vista de muitos, mas o que ninguém sabe é que por mais que eu gostasse do meu amigo, eu cobiçava aquela loirinha, mas não fazia nada pois ela já tinha dono.
Ela era uma crente fiel da igreja onde os dois frequentavam, eles eram bem religiosos e a respeito disso eles respeitavam a doutrina da igreja, nada de pecados carnais se é que me entendem.
Eu tinha uma duvida que um dia foi sanada pelo meu amigo, eu perguntei:

— Ela é virgem ainda?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

E ele me respondeu:
— Cara tirei a virgindade dela esses dias, sei que é pecado, mas ninguém precisa saber mesmo.
Depois disso eu passei a olhar para ela com olhos diferentes, afinal ela não era tão santa como parecia ser, então um belo dia estávamos jantando na casa do João, comemos, assistimos filme e fui embora.
Quando eram umas 2 horas da manha recebo uma mensagem da Natália, ela estava chorando e ela começou a me mandar áudio tentando explicar a situação. Ela dizia que tinha pego mensagens de outras meninas no celular do João e que inclusive ele estava dando encima da prima dela e um monte de outras coisas a mais.
Com isso ela me disse que queria conselho, como eu sendo melhor amigo dele, o que eu achava disso tudo, claro eu fiquei do lado dela, falei que ia conversar com ele e que ele estava errado.
No fim da conversa eu disse:

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

— Se precisar de mim pra qualquer coisa eu estou aqui, estou indo dormir amanhã a gente resolve isso.
Ela:
— Ok.
Acordei no outro dia, fui a casa da minha namorada almocei, conversei com os familiares, e rápido disse que ia pra casa do meu amigo.
Mandei mensagem para Natália avisando que ia conversar com o João,
chegando na casa dele conversamos e ele estava decidido que ia terminar com ela, nesse momento minha barriga gritava de felicidade, pensando: “é hoje que eu dou o ombro pra aquela loirinha chorar “.
Tudo bem, não tinha como concertar a relação, claro eu tentei de qualquer forma, mas não deu, e ela não merecia aquele babaca.
Sai da casa do João mandei mensagem para Natália avisando que era isso mesmo que ele não queria mais conversar, ele estava decidido. Ela triste me confirmou com um OK.
Fui conversar com minha namorada em casa, a gente saiu a noite e cada um foi pra sua casa…
Novamente umas 2horas da manhã Natália me manda mensagem, falando que queria desabafar, eu disse que se ela preferisse eu ia até a casa dela pra conversar pessoalmente, mas ela negou.
Mas não desisti, dali pra frente desenrolamos uma grande conversa pois comecei a dar em cima dela, já estava com um tesão radiante, então comecei a falar bobeiras, comecei a dizer que sempre tive vontade de pegar ela e bla bla bla. Ela ficou com receio da situação pois eu estava namorando, porém eu não liguei e comecei a falar besteira e ela no calor do momento me pediu pra ir lá.
Chegando na casa dela, ela morava com a avó ela abriu devagar a porta da frente e me pediu pra entrar sem fazer barulho pra não acorda a velha, e ela me levou para o seu quarto, eu já estava de pau duro deis de que sai de casa, então estava doido de tesão, e pelo jeito ela também.
Chegando no quarto meti a mão dentro da sua calcinha e percebi que ela me queria faz tempo, estava muito melada, comecei a beijar o pescoço dela e fui descendo para os seus peitos, depois de mamar os peitos dela joguei ela na cama e tirei a calcinha dela.
Fiz um maravilhoso oral nela, fiz ela gozar três vezes, ela já estava com as pernas fracas e tremendo, então me pediu pra chupar o meu pau, claro que não neguei, não queria perder aquela oportunidade, tirei o short que estava naquele momento tirei o meu pau pra fora,

Não quero me gabar, mas meu pau é um pau muito bonito, tenho 19cm, e quando ela viu o tamanho ela ficou abismada e disse que nunca tinha visto um pau bonito e grande, e sem pensar ela caiu de boca melando todo, eu quase gozando na boca dela, pedi pra ela ficar de quatro, e a safada obedeceu, comi aquela buceta e ela gemendo gostoso dizia, isso come essa putinha que aquele trouxa não quis, nossa quando ela disse isso foi o ápice dei um grito e disse que ia goza ela saiu e meteu a boca no meu pau e gozei na cara dela.
Ficamos ali conversando, demos mais duas ou três naquela noite, pois eu não sabia se haveria outra oportunidade. Antes de ir embora olhei pra ela e disse se precisar é só me chamar…
rsrsrs e dali pra frente a gente transava muito escondido de madrugada,
mas essas vezes ficam pra outro conto…
Obrigado pelo espaço.

Comi a ex namorada crente do meu amigo

0% 0 Mais Votados
  • Visto: 1929

    Added: 1 mês atrás

    Adult Wordpress Themes