">Conto Erotico – Sara, 19 anos

Atenção não somos responsaveis pelo site Sexygatasnaweb, por favor adquirir ou se cadastrar no Camera Prive diretamente em nossos Banners ou links


Conto Erotico – Sara, 19 anos


Nome : Sara P.Olá pessoal, vou relatar uma aventura minha aqui. Me chamo Sara, 19 anos, morena, bumbum redondinho. Esse relato ocorreu há cerca de 5 anos.Atualmente resido em Vitoria – ES, moro com meus pais, na época meu irmão morava conosco.Preparativos a mil para minha grande festa de 15 anos, contratei o melhor Dj com sua melhor estrutura. Isso no início do ano e minha festa seria em Dezembro.Em Novembro seria minha formatura do ensino fundamental. Foi aí que eu descobri que o Dj da minha formatura e da formatura do meu irmão (ensino médio) seria o mesmo Dj que tocaria na minha festa. Logo, mandei mensagem pra ele e ficamos felizes com a notícia. Após ele me ver na minha formatura (toda linda e com vestido coladinho) ele endoidou e ficou me provocando com mensagens. Eu fui na dele, mesmo sabendo que ele era casado.Um dia depois, já marcamos para tomar um sorvete, mal sabendo eu, que ele seria o sorvete e eu quem chuparia hahaah Eu, virgem, provocadora demais, aceitei sair com ele. Compramos um sorvete e fomos passeando de carro até um local onde não teriam mais pessoas ao nosso redor, um local reservado.Mão naquilo, aquilo na mão, ele perguntou se eu queria chupá-lo e perguntou se eu era virgem. Na hora falei a verdade, e como estava doida por ele, quis o chupar. Ele tinha um pau maravilhoso, não era tão grande, porém era bem grosso, só de olhar fiquei com agua na boca,me inclinei e comecei a lamber aquela maravilha, deslizava minha lingua babando ele todinho, logo fui descendo e chupando suas bolas lisinhas, olhava para ele com cara de safadinha, ele ficava doido, logo alisando meus cabelos pediu para eu chupar o pau até onde conseguia, levei como desafio para engolir ele todinho hahaha e como sou persistente rapidinho consegui.Ele se impressionou achando até que eu já tinha feito isso antes, falou que gostou demais. Até que começamos a nos pegar mais forte e acabei perdendo minha virgindade com ele no carro. Ele queria me levar para um motel mas eu fiquei receosa por ter apenas 14 aninhos. Após o acontecido, ele me deixou em casa e continuamos conversando por mensagens.Uma semana depois, exatamente na formatura de meu irmão que aconteceu nossa 2ª vez juntos.Os dias anterior a formatura foram bem corridos; a festa seria no sábado, eu e minha família chegamos chegamos cedo no local da festa, estava eu, meu irmão, meu pai, minha mãe, minha irmã e meu cunhado. A festa ocorria tranquilamente e tudo muito bonito, entretanto já estava cansado de estar sentada com familiares e sem conhecer outras pessoas. continua depois da publicidade Na festa, passei um bom tempo sentado na mesa da família, apenas bebendo refri, ja que era bem nova, e então reparei que o dj ja não tirava o olho de mim. Devia ter cerca de seus 27 anos, cabelo castanho, olho verde, cerca de 1,75 de altura e um belo corpo que com a roupa alinhada o deixava bem atraente; além do mais interessante naquilo tudo, sua esposa que trabalhava de cerimonialista. Inicialmente apenas fantasiei uma transa deliciosa com ele para animar a noite, entratanto fiquei na minha.Não estava disposta a arriscar uma abordagem arriscada ali na frente de toda a família. Decidi então não arriscar muito, porém sempre que ele vinha na minha direção eu olhava apenas para dar um pequena encarada e ele mantinha-se sem muito retribuir. Resolvi então parar com isso e continuar a curtir a festa, que se resumia a conversar com meus pais. Heheh Entretanto esse Dj continuou a me encarar, no inicio achei que era apenas pelo trabalho dele mesmo. Apenas quando, em um momento que estava mais distante do familiares, ele me enviou uma mensagem assim:– Será que poderia lhe ver num lugar reservado? – quando olhei para ele, ele tava com um sorriso malicioso no rosto.Quando vi aquele sorriso tive certeza de que iria fazer o possível para não voltar para casa sem antes transar com aquele safado; foi um daqueles sorriso de um cara tímido que aparentava ter criado uma coragem enorme para falar aquilo, mas também era aquele sorriso de um cara safado; logo imaginei como seria dar para quele dj novamente, independente do risco da esposa dele ou minha familia saber.Continuei o restante da festa andando pelo salão, mantendo-me distante da família. Ele então me envia mais uma mensagem com interrogações, respondo que aceito falar com ele em um local discreto, então ele me convida para ir numa escada que esta fechada para o publico, escada inclusive que teve a passagem impedida pela propria mulher dele.Não aguentando de tesão fui ao encontro dele, sem avisar nada a ninguém. Chegando na escada encontro aquele homem delicioso que iria salvar minha noite, logo fomos nos beijando. Sem demora abaixei a calça dele e chupei com tanta vontade que ele gemeu gostoso, engolia aquele pau todinho e vinha deslizando minha lingua naquela pica magestral, como adoro lambi aquelas bolas lisinhas e sempre olhando com um olhar de puta para ele. Com muito tesão, logo me pegou de jeito,me colocando de costas para ele e começou a meter na minha buceta apertadinha, a sensação era maravilhosa, ainda mais com todo aquele risco, a cada metida firme dele eu segurava meu gemido, cada vez com metidas mais brutas eu ja pedindo mais e mais. Quando, de repente, ouvimos o diretor da escola “E COM VOCÊS O DJ DA FESTA” chamando ele no palco. Paramos o ato na hora, ele correu para o palco e não conseguimos finalizar.Continuamos nos olhando e provocando de longe. Como ele estava com a esposa, ele voltaria da festa com ela. Então, marcamos que no outro dia terminaríamos o que começamos. É assim foi. No outro dia, ele me levou ao motel e fez de um jeito gostoso que não dá para esquecer, inclusive rolou meu primeiro anal haha que contarei para vocês no proximo conto. Até mais pessoal.

Conto Erotico – Sara, 19 anos

0% 0 Mais Votados
  • Visto: 1863

    Added: 4 meses atrás

    Categories:

    Adult Wordpress Themes