Para os usuários que estão com problemas de acessar os vídeos, por favor utilizar uma VPN



O caralho

O CARALHO
O meu nome é Maria Fernanda. Este é o meu vigésimo segundo conto.
Moro sozinha num apartamento próprio na zona oeste de São Paulo. Tenho 49 anos, divorciada, sem filhos. Trabalho num hospital particular na Capital. Sou Supervisora de Enfermagem na ala de cardiologia do hospital. Sou morena,tenho 1,77 m, cabelo castanho, olhos castanhos claros, seios grandes e volumosos, coxas grossas, quadril largo e bunda grande.

A minha buceta forma uma linda pata de camelo, que deixa os homens loucos de tesão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Gosto de vinho branco chileno, bem gelado, e de assistir DVD porno. Tenho os maiores clássicos na minha coleção, inclusive CALÍGULA que originalmente não era porno e depois se tornou um dos maiores clássicos do cinema porno.
Adoro os filmes com homens de pau grande, grosso e com aquela cabeça enorme, principalmente aqueles que esporram feito verdadeiros cavalos de raça, dando um banho de porra nas mulheres.
Quando conto isso para as minhas colegas da enfermaria elas me xingam muito: SUA PUTA, VADIA, CACHORRA, SAFADA, VAGABUNDA,QUENGA, acompanhada de gargalhadas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Na função de Supervisora de Enfermagem,eu participo do grupo indicado pelo hospital para atender os fornecedores de materiais e equipamentos hospitalares para aquisição do material de uso na enfermaria, em reuniões quinzenais no hospital. Nos avaliamos a qualidade e a durabilidade do material oferecido.
Na última reunião de junho, atendemos vários representantes destas empresas. No meio da reunião a Janete, minha colega da ortopedia, me cutucou e disse baixinho: o próximo representante que vai falar faz o seu tipo. E deu uma risadinha safada. Como você sabe, sua safada? Umas três colegas já me contaram que ele guarda um salame italiano no meio das pernas. Fiquei ansiosa para ver o tal representante bem dotado.
O tal representante se apresentou: Chamava-se Orlando e vendia todos os produtos utilizados durante as cirurgias cardíacas. Não era muito alto, moreno, na faixa dos 45 anos, usava aliança de casamento e falava muito bem. Quando ele se levantou para fazer a apresentação deu para notar um bom volume sob a calça. No intervalo da reunião puxei conversa e ele se mostrou muito atencioso e muito interessado em olhar os meus peitos e a minha pata de camelo. Ao final da reunião ficou combinado que eu daria continuidade às conversas com alguns dos representantes, inclusive o Orlando.
Nos dias seguintes conversamos várias vezes sobre os produtos para esclarecer todas as dúvidas. Numa sexta-feira, eu disse que finalmente a semana ia terminar e que eu estava com vontade de tomar um chopp para relaxar. Ele entendeu a dica e disse que também estava a fim de relaxar e me convidou para um happy-hour naquele mesmo dia. Aceitei o convite na hora e marcamos num bar badalado para as 19 horas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Começamos a beber e comer e conversar. Eu disse que era divorciada e ele respondeu a também era, mas que usava a aliança por hábito. Disse que também não tinha filhos e não estava namorando. Depois de alguns chopps me perguntou se eu topava ir para um motel com ele. Achei uma postura bem firme e decidida. Topei e partimos para um motel na Marquês de São Vicente.
Ele pediu a melhor suíte disponível numa sexta-feira. No quarto eu disse que ia tomar um banho e ele ficou pedindo bebidas e comida pelo interfone. Quando eu voltei para o quarto só de camiseta e calcinha ele arregalou os olhos e deu uma boa olhada nos meus peitos e na pata de camelo. Deu um salto e foi tomar banho também. Liguei a televisão num canal porno e fiquei tomando cerveja.
Ele voltou só de cueca e enrolado numa toalha. Deitou-se ao meu lado, pegou um copo de cerveja e comentou: Eu adoro filme porno, principalmente na posição missionário, quando a gravação é feita por trás do ator e mostra a pica abrindo os lábios da buceta e entrando até o saco.Eu me fiz de tonta e perguntei o que é posição missionário? Ele respondeu que aqui nós chamamos de posição de papai-mamãe. Agradeci o esclarecimento com um beijo e começou a brincadeira.
Beijei o pescoço, a orelha, a boca, meti a lingua na boca dele chupei bem devagar. Ele se deitou e eu passei a lamber os mamilos e o peito e arranquei a toalha doida para ver o tamanho da pica. Tomei um susto, realmente era uma caralho enorme, grosso e com uma cabeça descomunal. Nem toquei naquele mastro. Beijei bem leve sem tirar a cueca, desci pelas coxas e no meio das pernas. Ele me puxou de volta, me beijando muito e arrancando a minha camiseta para soltar os meus peitos. Fiquei passando os meus peitos no peito dele e sentindo aquele caralho ficar ainda mais duro e maior.
Ele mudou de posição e ficou sobre mim, me chupando toda, lambendo os meus peitos e soprando nos biquinhos duros. Dava para sentir aquele pau enorme sobre as minha coxas. Fiquei toda molhada de tesão. Ele me chupou até chegar na calcinha já encharcada. Tirou delicadamente a calcinha e ficou cheirando, sentido o meu cheiro e o cheiro da buceta.
Depois, delicadamente abriu bem as minhas pernas, expondo por inteiro a minha buceta e o meu grelinho. Me segurou com as pernas bem abertas e começou a chupar a minha pata de camelo e o meu grelo.Que lingua tinha o safado. Ele me chupava igual uma mulher chupa outra.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fiquei doida e pedi:
CHUPA ESSA BUCETA, SEU SAFADO, QUERO SENTIR ESSA LINGUA DELICIOSA NO MEU GRELINHO, LAMBE ESSA PATA DE CAMELO SEU PUTO, SEU CACHORRO, ENFIA ESSA LINGUA NESSA BUCETA, ISSO METE, FODE SUA PUTA, FODE ESSA VADIA, NÃO PARA QUE EU QUERO GOZAR NA SUA BOCA, SEU FILHO DA PUTA, ISSO PÕE ESSE DEDO NELA SEU PUTO, VAI METE MAIS ESSA LINGUA E ESSE DEDO QUE EU VOU GOZAR. O SAFADO ENTÃO DISSE: SÓ DEIXO VOCÊ GOZAR NA MINHA BOCA SE VOCÊ PROMETER QUE VAI CHUPAR O MEU CARALHO. EU CHUPO SEU CARALHO INTEIRO, SEU VAGABUNDO, VAI METE FODE, VAI FODE, EU VOU GOZAR, EU VOU GOZAR, ESTREMECI GOZEI FEITO UMA CADELA NO CIO.
FICOU QUASE DESMAIADA COM A GOZADA NA BOCA DO TARADO. DESCANSEI UM POUCO, TOMEI CERVEJA E ENCOSTADA NELE COMECEI A PASSAR A MÃO BEM DEVAGAR NA PICA GIGANTESCA SOBRE A CUECA. DAVA PARA SENTIR ELA CRESCENDO E FICANDO DURA. ELE FICOU BEM QUIETINHO SÓ CURTINDO O MOMENTO. DEPOIS DE UM TEMPÃO DECIDI ENFRENTAR O DESAFIO. TIREI A CUECA LENTAMENTE E EU QUASE NÃO ACREDITEI NO QUE VI. QUE CARALHO MONSTRUOSO, BEM GRANDE, PELO MENOS 22 CENTIMETROS DE COMPRIMENTO, GROSSO, MAL DAVA PARA ENCOSTAR OS DEDOS INDICADOR E POLEGAR DA MINHA MÃO.
COMECEI UMA PUNHETA BEM LENTA, DELICIOSA, MASSAGEAVA AQUELE SACO COM DUAS BOLAS GRANDES. ELE FICOU IMÓVEL E COM OS OLHOS FECHADOS. PASSEI A LINGUA NAQUELA CABEÇONA E NO CORPO DAQUELE PAU ENORME. COM MUITO JEITO CONSEGUI METE-LO NA MINHA BOCA E CHUPEI BOM GOSTOSO AQUELE PAU MARAVILHOSO.
ELE ABRIU OS OLHOS E FICOU OBSERVANDO A MINHA CHUPADA NA PICA.
VOCÊ QUER ME FUDER, PERGUNTEI. QUERO FUDER BEM GOSTOSO ESSA BUCETA DELICIOSA, RESPONDEU. ME DEITOU DE LADO, COLOCOU AQUELA PICA DURA E GROSSA NO MEIO DAS MINHAS PERNAS ROÇANDO A BUCETA E FICOU ME TORTURANDO NUM VAI E VEM INTERMINÁVEL. EU FIQUEI DOIDA DE TESÃO. A BUCETA FICOU TODA MOLHADA, MELANDO AQUELE PAU. O FILHO DA PUTA SÓ METEU NA BUCETA QUANDO EU PEDI PARA ELE POR SÓ A CABECINHA. DEVAGAR AMOR E MUITO GRANDE SEU PAU. A CABECINHA ENTROU INTEIRA E FICOU PRESA NA ENTRADA DA BUCETA. ELE PAROU UM POUCO E DEPOIS COMEÇOU EMPURRAR AQUELE CARALHO PARA DENTRO DA MINHA BUCETA.
QUE DELICIA SENTIR AQUELE CARALHO ENTRANDO, EU EMPURREI O QUADRIL CONTRA AQUELE PAU PARA SENTI-LO ENTRANDO E ME ABRINDO INTEIRA. O TESÃO DELE AUMENTOU QUANDO ELE SENTIU A PICA DENTRO DE MIM E COMEÇOU A BOMBAR BEM DEVAGAR. A MEDIDA QUE A ROLA ENTRAVA MAIS ELE EMPURRAVA. AO SENTIR AQUELE CARALHO GROSSO QUASE TODO DENTRO DE MIM, FUI TOMADA POR UMA SENSAÇÃO INDESCRITÍVEL, ME SENTI TOTALMENTE PREENCHIDA COM NUNCA SENTIRA ANTES. ME SENTI UMA MULHER PLENA E COMPLETA.
AGORA ERA SÓ METER E SENTIR O PRAZER QUE SÓ UMA MACHO CONSEGUE DAR PARA A FEMEA FAMINTA DE SEXO. FICAMOS METENDO UM TEMPÃO ATÉ ELE CANSAR. PARAMOS UM POUCO PARA TOMAR ÁGUA E RESPIRAR. DEPOIS PEGUEI COM GOSTO AQUELE PAU MEIO MOLE E MEIO DURO E CONSEGUI METE-LO NA BOCA ATÉ A GARGANTA. O EFEITO FOI IMEDIATO ELE FICOU GRANDE DE NOVO E ELE SE COLOCOU SOBRE MIM, ABRIU BEM AS MINHAS PERNAS E ASSUMIU A POSIÇÃO PAPAI-MAMÃE. COLOCOU A CABEÇA NA MINHA BUCETA E FOI METENDO TUDO AGORA COM MAIS FORÇA, COMO FAZEM OS HOMENS QUANDO ESTÃO COM VONTADE DE GOZAR. METEU COM FORÇA, EU GEMI, MAS ELE NÃO PAROU. A ROLA ENTROU TODA DE SÓ VEZ. ELE SE DEITOU SOBRE MIM E METEU COM MUITA VONTADE, TALVEZ IMAGINANDO O SEU PAU ABRINDO OS LÁBIOS DE MINHA BUCETA, ENTRANDO E SAINDO. FUDEU FEITO UM ALUCINADO, PARECIA QUE QUERIA ME DAR A MAIOR GOZADA DA SUA VIDA.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

ISSO AMOR, ME FODE, ME DÁ ESSE CARALHO GROSSO, METE NA SUA PUTA, ARREGAÇA ESSA SUA BUCETA, QUERO SENTIR ESSA PICA ALARGANDO ESSA BUCETA. AI AMOR, EU VOU GOZAR, CARALHO EU VOU GOZAR NESSE PAU, FODE, FODE MAIS AMOR.
TOMA SUA PUTA, EU VOU ENCHER ESSA BUCETA DE PORRA, SUA CADELA VADIA, SUA SAFADA. EU VOU GOZAR, EU VOU GOZAR. ME ABRAÇOU COM FORÇA E ESPORROU CINCO JATOS DE PORRA BEM QUENTE NA MINHA BUCETA. EU GOZEI JUNTO.
Tomamos banho, pedimos a conta e fomos embora. Ele me deixou na rua do meu apartamento.
A empresa que ele representa ganhou a compra do material hospitalar.
Foi uma aventura maravilhosa aquele happy-hour com o dono do CARALHO.
MARIA FERNANDA

O caralho

0% 0 Mais Votados
  • Visto: 1388

    Added: 1 mês atrás

    Categories:

    Adult Wordpress Themes