Gosta do site? Cadastre-se aqui e ajude a manter ele Online é grátis e fácil

Uma casadinha na casa de swing

Uma casadinha na casa de swing
Oi Pessoal, adoro os contos eróticos, lendo essas histórias, Eu e meu Marido levamos a sério a realização de nossos desejos.
Sou clara, 1,66 cm de altura, 60 kg, cabelos lisos e pretos e pele clara, aqui vou me chamar Gisele.
Então dando início ao conto, resolvemos ir em uma casa de swing. Depois daquele banho gostoso, bucetinha toda depilada, maquiada, coloquei um saia jeans curtinha, uma blusa colada que valorizava meus seios e uma linda sandália prateada de salto 15 cm. Estava me sentindo uma putinha com esse modelito ousado. Chagamos na casa noturna e sentamos em uma mesa para tomar alguns drinks, da mesa, observamos algumas mulheres dançando na pista e vários grupos de pessoas curtindo o ambiente relaxados. Depois de algum tempo, entramos pelos corredores que levavam a diversificadas salas, cada um com seu tema e algumas só com casais e outras com casas e solteiros.
Entramos em uma sala que havia uma única cama, e as paredes eram de vidros, assim todos podiam ficar observando o que passava ali dentro. Assim que entramos, iniciamos a nos beijar e nos tocar de várias formas, mas logo em seguida, vários homens solteiros entraram na sala, pois até o momento estava aberta. Fui cercada de homens que me acariciavam em todas as partes do corpo me causando extrema excitação, nisso alguns começaram a colocar seus cacetes para fora da calça e massagearem…
Um desses homens, jovem, bonito e malhado me pegou pelos braços, iniciou um beijo alucinantes e quando percebi já estava com aquele cacete gigante dentro de minha boca, Eu de quatro na cama chupando aquela delícia. Enquanto eu me dedicava ao cacete na boca, lambendo e chupando com grande desejo, os demais homens presentes na sala, enfiavam os dedos em minha xaninha, no meu rabo e outros acariciavam meus seios. Meu marido neste momento apenas assistia no canto do quarto masturbando seu cacete.
Voltando ao gostoso que Eu chupava, as vezes ele segurava minha cabeça e socava fundo em minha garganta, fazendo com que eu tivesse leves afogamentos, mas isso me deixava cada vez mais excitada. Depois de um bom tempo proporcionando prazer ao amigo, percebi que ele não iria meter seu pau em mim, então permiti um segundo rapaz, que também tinha um pau delicioso se aproximar de minha boca e passei a chupar os dois, os demais homens da sala, seguiam me proporcionando extremo prazer com as carícias que estava recebendo. Em pouco tempo, eu estava deitada com as pernas abertas e com o cacete do segundo rapaz me arrebentando a boceta, enquanto isso,

continua depois da publicidade

Eu chupava o pau insistentemente do primeiro gostoso que iniciei o boquete e assim, fui sendo comida freneticamente por aqueles dois cacetes, um na boca e um na boceta, até que vieram os nossos gozos , recebendo o leitinho e engolindo cada gotinha e aquela gozada na minha boceta, mesmo que com camisinha, senti aquele líquido quente enchendo mais e mais a camisinha do rapaz. Eu naquele êxtase de estar preenchida e com várias mãos ainda me acariciando caí num gozo longo e delicioso, que quando terminou, parecia que Eu não teria forças para poder me mover daquela sala.

Assim que os dois rapazes saíram do controle do meu corpo, os demais homens presentes na sala me cercaram como urubus, todos oferecendo seus cacetes para continuarem a me devorar, mas então meu marido percebeu que naquela hora Eu não mais tinha condições de continuar sendo comida, assim me retirou da sela e fomos nos recompor em outro ambiente da casa noturna.
Nesta noite, voltamos para casa e então realizamos sexo como a muito tempo não ocorria.
By Gisele

>

Uma casadinha na casa de swing

0% 0 Mais Votados
  • Visto: 1673

    Added: 2 semanas atrás

    Adult Wordpress Themes